Dia Mundial do Rim 2018 traz como tema a saúde da mulher e ações de prevenção contra doença renal

Publicado em 05 de fevereiro de 2018 por Nayra Andrade.

O ‘Dia Mundial do Rim’, comemorado anualmente no mês de março, este ano, será celebrado no dia 8, com o tema “Saúde da Mulher – Cuide de seus rins”. A iniciativa tem como prioridade fornecer informações sobre a importância do diagnóstico precoce e prevenção contra a Doença Renal Crônica (DRC), que atinge 10% da população mundial.

Para 2018, assim como nos anos anteriores, a Sociedade Mineira de Nefrologia (SMN), preparou uma serie de ações que objetiva divulgar a campanha, a fim de priorizar informações sobre os fatores de risco para a Doença Renal Crônica (DRC) e estimular cuidados com a saúde dos rins. De acordo com o presidente da SMN, Daniel Calazans, é fundamental a divulgação do tema com orientações e formas de prevenção. “Em Minas Gerais, são realizadas cerca de 122 mil hemodiálises por mês, é um número alto e que precisa de atenção. É fundamental alertar as pessoas, principalmente as mulheres, sobre a importância dos rins e as doenças que acometem esse órgão, e mais ainda, divulgar a prevenção”, afirma.

Com o propósito de proporcionar mais notoriedade ao “Dia Mundial do Rim”, no mês de março, várias instituições e pontos turísticos serão iluminados nas cores azul e vermelho, que simbolizam a nefrologia. Cartilhas informativas, cartazes e folhetos também serão distribuídos com orientações e informações sobre as doenças renais. Além disso, Ipatinga irá receber a Jornada de Nefrologia, onde o tema será debatido.

É necessário estar o tempo todo em alerta com a saúde dos rins

Os rins são essenciais para a nossa saúde, além de ser um dos órgãos mais importantes do corpo. São eles que se livram do excesso de água e toxinas, regulam a pressão arterial, produzem glóbulos vermelhos e controlam a quantidade de água e sal do corpo. A Doença Renal Crônica (DRC), é quando os rins são danificados ou perdem alguma função ao longo do tempo. Assim, com a falha dos rins, as impurezas não são removidas do sangue e atingem outros órgão do nosso corpo, como pulmões, cérebro e coração. Não há cura para a DRC. Os tratamentos atuais são paliativos, que devolvem a qualidade de vida do paciente, como as diálises que fazem a filtragem do sangue.

Prevenção!

É fundamental conhecer os fatores de riscos da Doença Renal. A única forma de prevenção é evitar, ou tratar esses fatores. Os principais são a hipertensão arterial, diabetes e doenças familiares. Mas obesidade, fumo, uso de medicações nefrotóxicas e outros fatores também podem comprometer a função renal.

A Sociedade Brasileira de Nefrologia recomenda algumas práticas de prevenção, que incluem:

  • Praticar exercícios físicos regulares;
  • Evitar o excesso de sal, carne vermelha e gorduras;
  • Controle de peso corporal;
  • Controle da pressão arterial;
  • Controle do colesterol e da glicose;
  • Não fumar;
  • Não abusar de bebida alcoólica;
  • Evitar o uso de anti-inflamatórios não hormonais;
  • Cuidar com quadros de desidratação;
  • Realizar, uma vez por ano, exames laboratoriais para avaliar a saúde dos rins: dosagem de creatinina no sangue e análise de urina
  • Consultar regularmente seu clínico;
  • Não fazer uso de medicamentos sem prescrição médica.
© 2012 Copyright, todos os direitos reservados.
Sociedade Mineira de Nefrologia.
Design by Thiago Peixoto
Avenida João Pinheiro, 161 :: Centro
30130-183 :: Belo Horizonte/MG
T.(31) 3247-1616 :: cristina@ammgmail.org.br